quarta-feira, 10 de março de 2010

CILINDRO PASSA SOBRE JESUALDO


O Arsenal segue em frente na Liga dos Campeões ao bater de forma convincente o FC Porto por 5-0, depois do 1-2 da primeira - mão. Este FC Porto evidenciou a deficiente construção do plantel para esta época, a desistência de confrontar a sua própria realidade e o facto de sobreviver apenas com a vitamina de motivações extras.

Jesualdo Ferreira, o único réu nesta temporada, é seguramente o menos culpado, sem tirar responsabilidades (Falta conhecer o seu peso nas aquisições). Jesualdo vestiu a pele de Dragão e tem conseguido milagres, considerando a matéria-prima que lhe tem sido imposta, ao longo das últimas épocas. Com o sucesso tem disfarçado, com o insucesso está condenado. Em épocas sucessivas de reconstruções sucessivas, virá alguém com outras exigências e outras páginas históricas.

Facto, o FC Porto foi menor em Londres.

1 comentário:

Dylan disse...

Não convivo com o mal dos outros, mas quando vejo adeptos do F. C. Porto esperarem adversários europeus do Benfica ao aeroporto, incentivando-os, não posso evitar um sorriso ao constatar a humilhação portista em Londres. E mandando o patriotismo hipócrita às malvas, aqueles que assinaram em cinco minutos e os amnésicos de ocasião, devem ter noção de que não voltarão tão cedo ao palco dos Campeões. Mas prevendo estragos futuros, num gesto de falsa solidariedade,logo tratam de lamentar-se pelas poucas verbas atribuídas aos participantes da Liga Europa comparativamente à Champions. Entre promessas sobrenaturais, confrontos físicos entre atletas, transferências abortadas, apitos vermelhos, túneis sem guardas, vigílias, ameaças à comunicação social e incompreensíveis empréstimos de jogadores, já não disfarçam aquele que pode ser o maior descalabro financeiro de sempre e de proporções desportivas inimagináveis.

http://dylans.blogs.sapo.pt/