terça-feira, 15 de julho de 2008

CONSELHO DE JUSTIÇA ?

O Futebol português continua igual a si próprio. Diferente e flexível. Os clubes reúnem-se na sua Liga, aprovam regulamentos e votam os seus órgãos sociais. Acontece que esses regulamentos só devem ser aplicados a outros clubes, porque caso contrário, os regulamentos são aplicados por pessoas, logo manipuláveis e manipulados. Como são manipuláveis convém manipular.
O Conselho de Justiça deu o último exemplo do exemplo que não era para dar. Assim, é impossível acreditar na verdade desportiva, porque a verdade desportiva não se joga no campo, nem nos regulamentos, nem na competição, joga-se nos gabinetes da manipulação.
A verdade existe e não se elimina.
Também existe a verdade dos próprios, manipulada por uma teia de interesses, como se fosse possível manipular a verdadeira verdade. Os factos sim, para esses, basta reunir um grupo de “juristas” para confirmar a manipulação dos factos.

1 comentário:

kispu disse...

e a reunião da AG da liga não merece um comentario !