domingo, 8 de março de 2009

ESTÁ DESPACHADO

O FC Porto esvaziou os problemas previstos no Mar e “despachou” o Leixões por esclarecedores 4-1. Não sei se foi FC Porto a mais ou Leixões a menos.

José Mota apostou em retirar espaços para a dinâmica ofensiva do FC Porto, mas o golo sofrido e alguns deslizes obrigaram-no a investir mais no jogo e com isso… perdeu o encontro. Principalmente, porque a equipa de Jesualdo Ferreira esteve ao seu melhor nível. Atitude competitiva, eficácia e muita vontade em fazer lembrar o resultado da primeira volta. Uma vitória categórica em momento oportuno, para cimentar a candidatura. Quem vem atrás come poeira.

Registo final para a violência nas bancadas, perfeitamente escusada e sem resultados práticos.

1 comentário:

Raper disse...

Antes do jogo haviam muitos benfiquistas matosinhenses que diziam que o Porto ia sair de lá com quatro golos no saco. Quando o Porto começou a ensinar o Leixões a jogar à bola os adeptos começaram a ficar nervosos e daí surge a violência.
Alguem devia lembrar estes adeptos que o lugar do leixões é a luta pela permanência e que não vale a pena ficar nervoso por perder com o porto.
Ainda me lembro dos dois jogos que vi do leixoes quando este estava na segunda liga, onde só ganhou com a ajuda do senhor do apito!
Espero que desça pró ano, umavez que nem com tantas vit+orias tem dinheiro para pagar aos jogadores!